domingo, 28 de novembro de 2010

Por Trilhos de Vale Sando e Palvarinho.

Foram Sete, os VALENTES que se juntaram nas Docas para mais uma voltinha domingueira, Luis Lourenço, Filipe, Marco, Pedro Antunes, Alvaro, Nuno Dias e eu. Depois dos cumprimentos da Praxe, resolvemos ir atá ao Vale Sando. Valentes por enfrentarem o frio da manhã.
A saida foi pela Mina em direcção ao cruzamento de Caféde, onde entramos em terra, por trilhos menos frequentes, de modo a evitar as habituais cancelas. Passámos pela tapada das figueiras e descemos ao Ocreza, orientando a nossa volta em direcção aos arredores do Freixal, evitando mais uma vez a Senhora de Valverde, uma vez que nos cortaram o caminho com cadeados. Rumámos a Tinalhas, onde tomámos a dose matinal de cafeína no café Ginja. As fotos são tiradas pelo telemóvel, a qualidade por si não é a melhor, associado a um mau fotógrafo, dá nisto.



Já com a barriguinha mais quentinha, uma vez que as temperaturas continuavam bastante baixas, entrámos no Vale Sando, que trilhámos até às passadouras do Chão da Vã.
Aí resolvemos rumar ao Salgueiro e Palvarinho, não chegando a entrar em nenhuma das aldeias, passámos sempre ao lado. Descemos em direcção à Ponte de Ferro, pela descida mais adrenalinica e mais perigosa.
Aqui comecámos uma conversa de familia, que durou alguns quilómetros, entre eu, a avózinha e a neta. Lá fomos pedalando e conversando.

Vencida a subida do dia dirigimo-nos ao monte da barreira, que contornámos e seguimos para o Ribeiro da Seta. Aqui algum pessoal, com mais pressa para chegar a casa, rumou à cidade por alcatrão. Os restantes entrámos na cidade pela Zona Industrial. Fizemos a paragem obrigatória, quando a volta acaba daquele lado, na Associação do Valongo, onde tomámos uns Sagrespam acompanhados dos famosos tremoços XXL.
Foi assim mais uma voltinha, em boa companhia, com cerca de 55 Km de boa disposição e de espetaculares trilhos.
A próxima será, em principio, na próxima Quarta Feira, uma vez que é feriado.
Não se esqueçam se ainda não marcaram a vossa presença no Jantar de Natal, enviei um mail para o João Valente ou façam um comentário, mostrando interesse em estar presente.
Até Breve nos Trilhos ou fora deles.

1 comentário:

Agnelo disse...

Fidalgo, a avó anda boa?
E a neta?
Quanto às fotos, apesar do fotógrafo não prestar, o telemóvel até nem é mau!

Abraço
AQ